Agenda

Voltar

Varizes: muito além da estética, uma questão de saúde!



O que são varizes?

Varizes são aquelas veias que se tornaram dilatadas e tortuosas na pele ao longo das pernas. Algumas varizes são bem calibrosas e saltadas na pele. Outras, de menor dimensão, chamadas de microvarizesou telangiectasias, também são conhecidas popularmente como "vasinhos", e frequentemente são o motivo para buscar tratamento médico. Além do constrangimento por causa da questão estética, as varizes podem causar sensação de peso nas pernas, dor e inchaço. Nas mulheres, principalmente durante o período pré-menstrual e na gravidez, os sintomas tendem a piorar.


Por que surgem?

As veias das pernas são os vasos responsáveis pelo retorno do sangue que irrigou pernas e pés de volta ao coração. Nossas veias possuem válvulas, cuja função é impedir que ele volte para os pés por ação da gravidade quando ficamos de pé. Se essas válvulas não funcionarem bem, o sangue fica "parado"dentro das veias que dilatam e ficam tortuosas, sobrecarregando a circulação e causando os sintomas relacionados às varizes, como sensação de peso, dor e inchaço nas pernas e nos pés. É o que os médicos chamam de estase e hipertensão venosa.


Fatores de risco:

• Predisposição familiar;

• Sexo (as mulheres são as mais prejudicadas, por causa dos hormônios femininos que diminuem a força das paredes das veias). Reposição hormonal e métodos anticoncepcionais podem ajudar para que as varizes apareçam antes da hora. Pela mesma razão, durante a gravidez, as chances também crescem e, aumentam a cada nova gestação;

• Idade. O colágeno das veias começa a diminuir com a idade, por isso elas tendem a dilatar mais facilmente;

• Hábitos incorretos (ficar muito tempo na mesma posição, seja em pé ou sentado, prejudica a circulação do sangue nos membros inferiores).


Como prevenir:

A melhor maneira de prevenir os vasinhos e varizes é adotar um estilo de vida saudável:

• Evitar o excesso de peso;

• Fazer exercício aeróbico com frequência;

• Ter uma alimentação balanceada para evitar a síndrome do intestino preguiçoso;

• Manter a hidratação;

• Usar meia elástica.

Não existe remédio para evitar o surgimento das varizes. Existem apenas remédios que melhoram os sintomas, como o inchaço ea dor nas pernas, e que são receitados em situações bem especificas.


Como melhorar a circulação do sangue nas pernas?

Levantar a cada uma ou duas horas para movimentar os músculos é a melhor alternativa. Mas fazer exercícios com as pernas, mesmo sentado, também ajuda. Outra medida importante é o uso das meias elásticas de compressão graduada. Elas fazem pressão nos pés e tornozelo ajudando o sangue a subir em direção ao coração.


Como as varizes são tratadas?

O método mais comum para o tratamento das varizes é a retirada das veias dilatadas (cirurgia de varizes).O cirurgião faz diversas incisões, retira as veias afetadas e protege a(s) perna(s) com bandagens. O procedimento cirúrgico é rápido, o tempo de hospitalização é curto e a recuperação em casa dura em torno de uma ou duas semanas.

Os vasinhos podem ser tratados com aplicação de substâncias que levam à absorção das microvarizes pelo organismo, e ainda com laser.


Exercícios podem ajudar a evitar varizes

Todos os tipos de atividades físicas são benéficos, mas para a prevenção de varizes deve-se optar por exercícios aeróbicos de baixo impacto como caminhada, bicicleta, hidroginástica e natação. Essas atividades melhoram o desempenho da panturrilha, que é a região da perna responsável pelo bombeamento de retorno do sangue dos membros inferiores de volta para o coração.


Fique atento às complicações!

Varizes podem, além de inchaço das pernas e pés, causar dor e desconforto. Com o tempo as varizes aumentam em tamanho e quantidade na perna e lentamente a pele vai se tornando manchada, especialmente próxima ao tornozelo – é a dermatite ocre. Quem não trata as varizes pode evoluir com o surgimento de úlceras na perna, a complicação mais grave das varizes. Estas feridas na pele ocorrem pela estase e hipertensão venosa causadas pelas varizes depois de anos sem cuidado adequado. Apesar de mais frequente, esta complicação não é exclusiva de pacientes com idade mais avançada, homens e mulheres jovens também estão expostos ao problema.


Recomendações

• Evite ficar de pé, parado na mesma posição, por muito tempo. Movimente-se. Isso faz com que os músculos das pernas ajudem o sangue a circular;

• Procure, algumas vezes por dia, elevar as pernas acima do nível do coração por alguns minutos para facilitar o retorno do sangue para o centro do corpo;

• É muito importante usar meias elásticas. Os resultados serão melhores ainda se você as calçar logo cedo, antes de levantar da cama;

• Ande a pé. Caminhar é fundamental para prevenir varizes;

• Ferir uma variz pode provocar sangramento abundante. Se isso acontecer, deite-se imediatamente e eleve a perna ferida. Comprima (ou peça alguém para comprimir) o local do sangramento até que o sangramento estanque. Em seguida, lave com água corrente e sabão e proteja a área com um curativo compressivo;

• As varizes predispõem as pessoas à flebite, inflamação das veias que deixa a pele quente, avermelhada e muito dolorosa. Na ocorrência de qualquer inflamação, acompanhada ou não de endurecimento da área, em uma perna com varizes, não perca tempo e procure um angiologista ou um cirurgião vascular imediatamente.


copyright 2013© sbacv-rj - todos os direitos reservardos

Praça Floriano, 55 - Sala 120 - CEP: 20031-050 - Rio de Janeiro - RJ - Telefone / Fax: 55-21-2533-7905 / 55-21-2240-4880